• img-book

Categoria

Cinema e Golpe

Cinema e o Golpe: Como o Cinema Brasileiro Contemporâneo pode ser um instrumento de resistência coletiva e política. Iremos analisar, sob o viés da sétima arte, de que forma a representação e representatividade de gênero, raça, classe, sexualidade e territorialidade podem operar na democratização de um reflexo social mais paritário para a construção do imaginário […]

R$ 80,00

Quantidade
Sobre este livro
Visão geral

Cinema e o Golpe: Como o Cinema Brasileiro Contemporâneo pode ser um instrumento de resistência coletiva e política.

Iremos analisar, sob o viés da sétima arte, de que forma a representação e representatividade de gênero, raça, classe, sexualidade e territorialidade podem operar na democratização de um reflexo social mais paritário para a construção do imaginário popular com qual vemos nosso passado, presente e futuro.

Os assuntos abordados girarão em torno de exemplificações:

1) Documentários como retrato crítico de época (exemplo: a repercussão internacional do filme sobre o Impeachment/Golpe, “O Processo” de Maria Augusta Ramos)

2) A docuficção como fronteira entre a denúncia e a identificação casuísta e regional do espectador.

3) A Fantasia, ficção e terror na distorção da sociedade brasileira transformada em um tabuleiro de Black Mirror.

4) A representatividade da vasta produção de curtas-metragens competindo em Festivais Nacionais e internacionais, com liberdade criativa através de autofinanciamento e produções independentes para mercados alternativos (vide Mostras e Cineclubes).

Serão exibidos trechos de filmes ou curtas no decorrer da palestra para gerar debate.

 

Os encontros acontecerão nos dias 20 e 21 de Junho.

De 18:30 a 20:30

Investimento R$80,00

 

FILIPPO PITANGA GOYTACAZ CAVALHEIRO é advogado e jornalista, atuando como pesquisador, crítico, curador e professor de cinema. Membro da ACCRJ (Associação de Críticos de Cinema do RJ), realizando Mostras, catálogos, livros e debates. Professor na AIC-RJ (Academia Internacional de Cinema do Rio de Janeiro), na Escola de Filosofia Passagens fundada por Marcia Tiburi, no Estação NET, no Projeto AmadureSer e no Ilumina. Curador de Cineclubes e Oficinas no Tempo Glauber em 2016-2017. Curador do Cineclube Ação e Reflexão junto com Cavi Borges e a Cavídeo Produções no Cinema Estação Net. Pesquisador e Jurídico de filmes em longa e curta-metragem. Editor-chefe do site “Almanaque Virtual – UOL”. Colaborador na coluna Justificando da Carta Capital e da Revista Moviement. Redator de Cinema na revista “Conceito A”. Membro do Podcast Cinema em Série. Participou como membro de Júris em Festivais Nacionais e Internacionais e Júri FIPRESCI. Comentarista de Cinema convidado em rádio e TV, como Cine Rooftop do canal Paramount. Autor em livros como “Lágrimas entre Caixas” e no livro de comemoração aos 10 Anos do Encontro de Cinema Negro Zózimo Bulbul – Brasil, África e Caribe, ora no prelo.

“Cinema e Golpe”

Não há comentários ainda.